sábado, 24 de março de 2018

RELIQUIA

Já vai longe o ano de 1980 mas em Dezembro desse mesmo ano nascia uma revista que fez as delicias de muitos pescadores como eu que há muito aguardavam uma publicação que falasse no nosso desporto e nos desse a conhecer o que de melhor existia no mercado ,essa revista Nº 1 que vos deixo aqui a foto continua bem guardada no meu bau e para quem bem se recorda chamava-se
 ( Pesca & Companhia )


Tambem vos deixo a foto do 1º Editorial  do director da mesma (Vitor Seiça) e se perderem um pouco de tempo a ler verão que os problemas da altura continuam a ser os problemas actuais.
POLUIÇÃO
PESCA DE ARRASTO
PESCA FURTIVA


sábado, 17 de fevereiro de 2018

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

ATÉ QUANDO

Será em 2018 ?

O tempo vai passando e mariscadores ,pescadores  e simples veraneantes se interrogam até quando a areia irá tomar conta desta bela lagoa e que interesses haverá por detrás para que isto vá continuando ?

terça-feira, 14 de novembro de 2017

AUTORIDADE MARITIMA NACIONAL


“Pesca lúdica segura”

O Comando da Polícia Marítima está a desenvolver uma campanha de sensibilização e alerta para os perigos da pesca lúdica em falésias Esta campanha tem como objectivos alertar para os perigos presentes desta actividade e sensibilizar os pescadores para a adopção de algumas medidas de segurança que podem contribuir para minimizar o risco de acidentes.

Assim, devem ser evitados os seguintes comportamentos:
Pescar sozinho – Caso seja vítima de um acidente, a probabilidade de ser visto e ser dado o alerta é muito menor;

Pescar em condições meteorológicas adversas – Em condições de forte ondulação e vento, a probabilidade de ocorrência de acidentes é muito maior. Uma rajada de vento pode levar ao desequilíbrio. Uma onda maior pode chegar onde não estamos à espera;
Virar as costas ao mar – As ondas não têm todas a mesma altura;

Pescar à noite – Durante a noite a percepção do espaço e consequentemente dos perigos pode ser enganadora;
Pescar em locais de risco ou de difícil acesso – Evitar locais onde a probabilidade de acidente é maior e o difícil acesso atrasa o socorro;

Tentativa de recuperação de material – Muitos acidentes ocorrem quando se tenta recuperar o material de pesca, como por exemplo linhas presas nas rochas.
Para diminuir a probabilidade de acidentes ou, em caso destes acontecerem, a probabilidade de se tornarem mortais, existem algumas medidas adicionais de segurança:

Uso de vestuário/calçado adequado – Usar principalmente calçado antiderrapante;

Uso de colete salva-vidas – Em caso de queda ao mar a probabilidade de salvamento e recuperação é muito maior;

RELIQUIA

Já vai longe o ano de 1980 mas em Dezembro desse mesmo ano nascia uma revista que fez as delicias de muitos pescadores como eu que há muito ...